- Sede kids

proposta kids

O CEI Espaço Feliz adota como proposta pedagógica, o Método Natural, com influências da teoria construtivista sócio interacionista na qual a criança constrói progressivamente seu saber, por meio de atividades e interação com o meio em que vive, intermediadas pela ação do educador, que consiste na aplicação de estímulos que visam a sequência natural e espontânea da construção de esquemas de leitura e escrita, pensando no desenvolvimento integral de cada aluno, respeitando os aspectos físico, emocional, cognitivo que precisam ser levados em conta de acordo com as características de cada criança.

        Procurando instigar a curiosidade do aluno, os professores proporcionam vivências e experimentações através de atividades lúdicas, experiências, jogos, rodas de conversas, música e contação de história.

As crianças aprendem brincando, através de uma Pedagogia de Projetos que são divididos ao longo do ano, com metas claras de aprendizagem e de desenvolvimento, proporcionando situações significativas baseadas nos campos de experiências da Base Nacional Comum Curricular, incentivando a autonomia e deixando as crianças no centro do processo na qual a criança constrói progressivamente seu saber, por meio de atividades e interação com o meio em que vive, intermediadas pela ação do educador, que consiste na aplicação de estímulos que visam a sequência natural e espontânea da construção de esquemas de leitura e escrita, pensando no desenvolvimento integral de cada aluno, respeitando os aspectos físico, emocional, cognitivo que precisam ser levados em conta de acordo com as características de cada criança.

        Procurando instigar a curiosidade do aluno, os professores proporcionam vivências e experimentações através de atividades lúdicas, experiências, jogos, rodas de conversas, música e contação de história.

As crianças aprendem brincando, através de uma Pedagogia de Projetos que são divididos ao longo do ano, com metas claras de aprendizagem e de desenvolvimento, proporcionando situações significativas baseadas nos campos de experiências da Base Nacional Comum Curricular, incentivando a autonomia e deixando as crianças no centro do processo.

A organização da rotina das atividades da criança na escola é um aspecto de suma importância. Essa deve ser pensada a partir do planejamento feito pela equipe pedagógica e professores, traduzida no plano de trabalho ou de aula. A rotina possibilita à criança segurança e domínio do espaço e do tempo que passa na escola.  Nossa rotina é divida em várias etapas do dia a dia.

RODINHA

As rodas de conversa são imprescindíveis no Espaço Feliz devem acontecem diariamente, para o processo de construção dessa aprendizagem: sentar em roda, falar e ouvir o outro, contribuir com o assunto em pauta, tudo dentro de um espírito de brincadeira e respeito à individualidade. Através dela a professora e crianças organizam como será a rotina do dia.

 

HORA DAS REFEIÇÕES

O refeitório no Espaço Feliz funciona como uma extensão da cozinha de casa, o lugar onde são moldados os valores relacionados à alimentação, à experimentação de novos sabores e a descoberta da importância dos hábitos saudáveis. A hora da refeição tem ser é um momento prazeroso, onde as crianças recebem as refeições variadas de acordo com o cardápio elaborado pela Nutricionista. Quando sentados à mesa as crianças aprendem com os colegas a identificar novos alimentos, a compartilhar suas refeições, a comer sozinha  e testar sua autonomia.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA

A contação de histórias para crianças é, com certeza, uma das primeiras maneiras de transmitir conhecimento e estimular a imaginação das crianças. Por essa razão, a prática de contar histórias pode – e deve – ser usada nas escolas, principalmente no segmento da educação infantil.

A atividade colabora com a reformulação do espaço de sala de aula, incentiva a criatividade e a manifestação de diversas formas de expressão. É uma prática pedagógica que colabora para o desenvolvimento da escrita e da oralidade, além de desenvolver a percepção de representações simbólicas.

 

PROJETO FABRICANDO

Diariamente trabalhamos com materiais recicláveis utilizados em atividades lúdicas e criativas, onde as crianças aprendem através de experimentações e desenvolvem a criatividade.  Nosso principal objetivo é fazer com que a criança brinque com suas próprias criações e que desenvolva suas habilidades, explorando a imaginação através de materiais diversos, que podem ser reutilizáveis e úteis para favorecer experiências significativas. Nossa intenção ainda é substituir os brinquedos "prontos", oferecer oportunidade para a criança usar a criatividade.

HIGIENE

Hábitos de higiene precisam ser executados várias vezes ao longo do dia, como lavar as mãos e escovar os dentes, muitas vezes acabam sendo esquecidos pelas crianças ou considerados como algo tedioso, justamente devido à necessidade de repetição. CEI ESPAÇO FELIZ prioriza esse momento da higiene, para essa situação se tornar mais lúdica, uma boa sugestão é utilizar sabonetes coloridos e com formatos diferenciados, pastas de dente com aromas mais atraentes para as crianças, decorar os banheiros com figuras e personagens ilustrados que possam tornar os momentos de higiene mais recreativos e interessantes.

 

HORTA

A horta serve objeto de estudo interdisciplinar, as crianças discutem temas como alimentação, nutrição e ecologia que aliados ao trato com a terra e plantas, geram situações de aprendizagem reais e diversificadas. Os benefícios alcançados com o projeto horta no CEI Espaço Feliz, se destacam pela a produção e consumo de alimentos naturais, atividades ligadas à culinária na escola, troca de conhecimentos, a influência nas escolhas alimentares das crianças, além de apresentar na prática as consequências que ações do homem têm em relação ao meio ambiente.No Projeto Horta, as crianças aprendem sobre os cuidados com a terra, plantam e recebem instruções sobre as mudas, sementes e juntamente com o tema, é trabalhado também as cores, formas, variedades e os nomes dos diversos tipos de hortaliças.

PARQUE

O parque é um ambiente proporciona o desenvolvimento de habilidades, através do lúdico e das relações interpessoais, sendo um espaço de estímulo à criatividade, pois acreditamos que através das brincadeiras existe um grande aprendizado. O ato de brincar na primeira infância é cada vez mais valorizado, já que, mais que diversão, esse é um momento de novos aprendizados pedagógicos, motores e sociais. As interações das crianças no parquinho são mais espontâneas, já que elas não identificam uma tarefa escolar específica sendo proposta – o que favorece o desenvolvimento de habilidades sociais como a empatia e o companheirismo. É muito comum ver nesses momentos as crianças estimulando umas as outras para brincarem juntas, se dispondo a ajudar o colega que tem mais dificuldade de executar um movimento. 

O convívio com as outras crianças nesse tempo livre facilita a criação e percepção de vínculos sociais, como a formação de amizades, a importância de compartilhar o espaço, os brinquedos e o entendimento de regras. O parquinho escolar é ainda um espaço de estímulo à criatividade, já que além dos brinquedos convencionais pode-se usar a estrutura para propor novos JOGOS E BRINCADEIRAS. No tanque de areia, as crianças inventem suas próprias estórias, estimulando o faz de conta. Isso que favorece o desenvolvimento cognitivo e o pensamento linear.

ATIVIDADES DIRIGIDAS

As atividades dirigidas são aquelas que a professora realiza com crianças em sala, para registrar o que foi trabalhado.  Propomos atividades que as crianças vivenciem, criam e experimentam e depois das vivencias registram o que foi aprendido. Respeitando o ritmo da criança na sua capacidade de ação e na liberdade que tem para expressar seus sentimentos.

ATIVIDADES LIVRES

As atividades livres devem faz parte  da rotina diária das crianças, desde o berçário até nível 5. As crianças ficam livremente na sala sob supervisão da professora e explorem o ambiente  escolhendo suas atividades específicas, ou brincadeiras a professora quando for necessário e integre-se como participante.

DIA DA FRUTA

No CEI Espaço Feliz, O Projeto Fruta acontece diariamente, pois nossos alunos consomem frutas e  sucos naturais todos os dias… Nas sextas-feiras na sede baby e nas quartas-feiras na sede kids enfatizamos o nosso projeto, que tem como objetivo fazer com que as crianças conheçam as frutas mais variadas possíveis, como: as suas cores, tamanhos as suas propriedades, identificando sabores e texturas. Para nós a alimentação saudável desde a Educação Infantil é prioridade e faz parte do crescimento e desenvolvimento adequado dos nossos pequenos.

As crianças trazem para a escola, uma fruta in natura, de sua preferência, em sala de aula ela é explorada pelos alunos, durante a rodinha é vivenciado a sua importância, socializam e compartilham com uma deliciosa salada de frutas no final do dia.

DIA DO BRINQUEDO

O brinquedo acompanha a criança durante seu desenvolvimento, em suas descobertas e nos tantos aprendizados que ela adquire sobre si mesma e sobre o mundo.

Por isso, no CEI Espaço Feliz toda sexta-feira é DIA DO BRINQUEDO! As crianças  trazem de casa um brinquedo da sua preferência para socializar com os colegas, além de serem estimuladas ao aprendizado de dividir e emprestar os brinquedos.

O objetivo é bem maior do que o de proporcionar alguns momentos de lazer descontraído. Ao trazer de casa o seu brinquedo, a criança traz um pouco do seu cotidiano fora da escola e vai compartilhá-lo com o grupo.

 É importante conter a identificação do aluno no brinquedo. Solicitamos aos pais que evitem o envio de jogos eletrônicos e brinquedos que estimulam a violência, dando preferência a jogos e brinquedos educativos.

 

DIA DA FANTASIA

Brincar de casinha, de boneca, de carrinho, de teatrinho, de fantoche. Tudo isso fez parte da nossa infância e faz parte da infância de nossos filhos. O faz de conta é um momento de imaginação e descontração. Traz para a criança amadurecimento social, emocional, físico e intelectual. O faz de conta faz com que a criança desenvolva uma série de habilidades motoras e psicológicas, além de trabalhar os valores presentes em sua família. Nesse jogo, cada personagem e objeto são essenciais para delimitar situações, regras e atitudes.

Quando brinca de faz de conta, a criança assume papeis, desenrola um enredo e constrói interações. Através dessa representação ela demonstra sentimentos, angústias, alegrias, incômodos e suas impressões do dia a dia. Elas conseguem expressar suas dificuldades, contradições e se sentem motivadas a lidar com o acaso, uma vez que a história é construída no desenrolar da brincadeira, por isso o CEI Espaço Feliz prioriza o dia da FANTASIA que acontece 1 vez por mês.

Quanto mais a criança brinca, mais ela se torna capaz de dominar e se expressar através das histórias imaginadas. Ao construir cenários, manipular bonecos, dedoches ou fantoches, ela começa a ter noções de regras, tempo e espaço. Proporcionar ambientes favoráveis ao brincar e dar brinquedos e objetos que a ajudem a elaborar suas histórias é fundamental para que sua imaginação vá além.

No Espaço Feliz, priorizamos o dia do sujo, porque mm dos primeiros contatos que temos com o mundo é por meio do tato. Levar objetos à boca, manuseá-los e movimentar-se no espaço são formas de exploração que permitem que a criança comece a assimilar aquilo que está à sua volta. Essas sensações corporais são registros fundamentais que darão base para que o pensamento se torne cada vez mais sofisticado e também para a construção da identidade.

A intensa aproximação com o ambiente muitas vezes resulta em sujeira! Afinal, como morder uma fruta suculenta sem se lambuzar? Como brincar na areia do parque sem encardir as roupas e as mãos? Como pintar e desenhar sem manchar a camiseta?

Se sujar é também uma consequência de explorar diferentes materiais  e descobrir como se comportam. Os líquidos se espalham rapidamente, escorrem, espirram. Os sólidos não, mas podem liberar algum tipo de resíduo ao serem tocados ou esfregados. Certas misturas são mais pegajosas e grudentas do que outras. Alguns alimentos e bebidas mancham, outros não. Certos pigmentos podem deixar marcas permanentes, outros saem facilmente. E assim por diante!

Todas essas percepções cotidianas ajudam a criança a compreender como o mundo funciona, como as substâncias interagem e de que maneira podem reagir a elas no espaço. Assim, aos poucos ela aprende, por exemplo, que precisa manusear com cuidado um recipiente com tinta para não derrubá-lo e que a água que cai no chão evapora e seca depois de um tempo.

Essas experiências vão refinando sua motricidade e ensinando que tipo de força e movimento precisam ser aplicados em que situações. Além disso, elas possibilitam que a criança entre em contato com as ideias de “destruição” e “criação”, “permanente” e “efêmero”. A construção desses conceitos ajuda a elaborar não só as situações concretas percebidas em relação aos materiais e aos objetos, mas também às vivências afetivas.

Vale ressaltar também que a sujeira e a higiene estão relacionadas à liberdade e ao cuidado com o próprio corpo e que encontrar, com auxílio dos mais velhos, um modo de equilibrar esses aspectos faz parte da aprendizagem e da elaboração da autoimagem da criança.